Home Defesa Civil PREFEITO DE MONTE AZUL DR. PAULO DIAS MOREIRA, DEFESA CIVIL MUNICIPAL E SECRETARIA DE OBRAS PARTICIPARAM DE REUNIÃO ENTRE AMAMS, CIMAMS E MINISTÉRIO PÚBLICO QUE DEFINIU ALINHAMENTO DE AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA ENFRENTAMENTO ÀS ENCHENTES EM NOSSA REGIÃO.

PREFEITO DE MONTE AZUL DR. PAULO DIAS MOREIRA, DEFESA CIVIL MUNICIPAL E SECRETARIA DE OBRAS PARTICIPARAM DE REUNIÃO ENTRE AMAMS, CIMAMS E MINISTÉRIO PÚBLICO QUE DEFINIU ALINHAMENTO DE AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA ENFRENTAMENTO ÀS ENCHENTES EM NOSSA REGIÃO.

por Juliano F. Teles

PREFEITO DE MONTE AZUL DR. PAULO DIAS MOREIRA, DEFESA CIVIL MUNICIPAL E SECRETARIA DE OBRAS PARTICIPARAM DE REUNIÃO ENTRE AMAMS, CIMAMS E MINISTÉRIO PÚBLICO QUE DEFINIU ALINHAMENTO DE AÇÕES PRIORITÁRIAS PARA ENFRENTAMENTO ÀS ENCHENTES EM NOSSA REGIÃO.

Nessa terça-feira (11/01), o Prefeito de Monte Azul, Dr. Paulo Dias Moreira e a Defesa Civil Municipal participaram de reunião entre AMAMS, CIMAMS E MINSTÉRIO PÚBLICO, que definiram alinhamento de ações prioritárias para o enfrentamento às enchentes que assolaram todo o Norte de Minas.
Na oportunidade, Dr. Paulo apresentou as demandas, do município de Monte Azul para conhecimento dos órgãos competentes e afirmou que com participação da AMAMS, do CIMAMS e do próprio Ministério Público as nossas reivindicações serão fortalecidas.
A situação enfrentada é muito grave e difícil, assim as reivindicações fazem jus às reais necessidades do momento.
Dr. Paulo afirmou que cada prefeito conhece o seu município, e, por conhecer o estado de emergência vivido por Monte Azul e de toda a região, tem certeza de que o Governo do Estado, o Governo Federal e todos os órgãos do Governo terão condições de nos ajudar a superarmos as dificuldades encontradas.

VEJA TAMBÉM

MINISTÉRIO PÚBLICO RECEBE DEMANDAS DOS MUNICÍPIOS ATINGIDOS PELAS CHUVAS E REPASSARÁ AOS GOVERNOS ESTADUAL E FEDERAL

Municípios do Norte de Minas que sofreram com os efeitos provocados pelas chuvas no final do ano passado e início deste, atendendo convocação feita pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais – MPEMG, participaram na manhã desta terça-feira, 11/ 01, de uma reunião para a definição de estratégias conjuntas e apresentações das demandas de atendimentos de forma emergencial por parte dos Governos Estadual e Federal. O Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene – CIMAMS, representado pelo seu presidente Valmir Morais de Sá, prefeito de Patís, informou aos municípios atingidos, que o Consórcio contratou uma empresa com vasto know-how e especialistas com expertise na preparação de projetos com o objetivo de dar mais celeridade nos trâmites junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional para a liberação dos recursos.

O representante do Ministério Público, promotor João Paulo Fernandes, informou que para dar mais agilidade em todo processo para liberação dos recursos, a ata da reunião com as demandas apresentadas pelos prefeitos e seus representantes, será enviada ainda hoje, aos governos estadual e federal, órgãos e entidades. Fez questão de elogiar o empenho, a união e a mobilização das entidades municipalistas da região, como o CIMAMS, Amams e Codanorte, em favor dos municípios atingidos pelas chuvas.

Recuperação de estradas vicinais, moradias, pontes e lavoura; recapeamento asfáltico, desassoreamento dos rios e outros são algumas das demandas apresentadas pelos prefeitos, técnicos da Defesa Civil e secretários dos municípios de Salinas, Berizal, Curral de Dentro, Santa Cruz de Salinas, Porteirinha, Ubaí, Monte Azul, Fruta de Leite, Serranópolis de Minas, Padre Carvalho, Patis, e Rubelita.

Ainda durante a reunião, os prefeitos se mostraram preocupados com o surto de gripe que tem atingido os municípios da região. O prefeito de Salinas, Joaquim Neres Xavier Dias, o Kincas, pediu que entre as demandas fosse incluída a área de saúde, pois os hospitais estão com os leitos em lotação esgotada e precisando de recursos para ampliar o atendimento aos pacientes.

O prefeito de Rio Pardo de Minas, Astor José de Sá, o Tuquinha, fez uma sugestão e um questionamento ao MPEMG, sobre a utilização dos recursos do acordo da Vale para investimento na recuperação dos municípios afetados pelas chuvas. O procurador jurídico do CIMAMS, Danilo Oliveira, respondeu que a entidade tem um parecer sobre o assunto e que em algumas situações os recursos podem ser utilizados. Informou que vai repassar aos prefeitos para que tenham conhecimento sobre a Lei e o parecer feito pelo Consórcio.

O presidente da Amams, José Nilson Bispo de Sá, o Nilsinho, informou que os municípios do Norte de Minas ainda não tiveram seus decretos de emergência reconhecidos pelos governos estadual e federal, e que mais de 80 cidades foram atingidas pelas chuvas.

A aproximação do Ministério Público com os municípios foi elogiado pelo prefeito de Curral de Dentro, Adaildo Rocha, o Tampinha. Ele aproveitou para pedir que os governos tenham sensibilidade nas avaliações dos processos e na reavaliação das informações.

O prefeito de Berizal, João Carlos, disse que o município foi surpreendido com as chuvas, pois historicamente o volume é de 35 milímetros/ano, e desta vez ela trouxe 2 mil milímetros, por isso causou estragos incalculáveis.

O presidente do CIMAMS, Valmir Morais de Sá, disse que a disponibilidade do Consórcio em ajudar os municípios não tem nada a ver com disputa entre entidades, mas sim de unir esforços com Amams e Codanorte, para que o processo de elaboração para a captação de recursos chegue o mais rápido possível e os governos atendam aqueles que foram atingidos pelas chuvas.

Fonte:
Arthur Amorim Júnior
ASCOM/CIMAMS

Norte de Minas, terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Clique no link e confira a reportagem completa: https://www.cimams.mg.gov.br/noticias/cimams/ministerio-publico-recebe-demandas-dos-municipios-atingidos-pelas-chuvas-e-repassara-aos-governos-estadual-e-federal/

____________________________________

VEJA TAMBÉM

CIMAMS CONTRATA EMPRESA PARA DAR SUPORTE TÉCNICO AOS MUNICÍPIOS AFETADOS PELAS CHUVAS, NA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

Auxiliar os municípios que foram afetados pelas chuvas, no final de 2021 e início de 2022, na elaboração de projetos para captação de recursos junto aos governos estadual e federal. Este foi o objetivo do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Área Mineira da Sudene – CIMAMS ao contratar uma empresa especializada e com expertise na preparação dos projetos.

Na tarde dessa terça-feira, 11/01, a R2 Assessoria, representada pela doutoranda em ambiente construído e patrimônio sustentável, Helena Rosmaninho; e Rafael Moreira, receberam na sede do CIMAMS, prefeitos e técnicos, e coordenadores municipais da Defesa Civil, dos municípios apontados pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais: Salinas, Rio Pardo de Minas, Berizal, Curral de Dentro, Santa Cruz de Salinas, Porteirinha, Ubaí, Monte Azul, Fruta de Leite, Serranópolis de Minas, Padre Carvalho, Patis, e Rubelita.

Na oportunidade, os técnicos da R2 Assessoria conferiram os projetos dos municípios e atualizaram com informações necessárias para a busca da captação e a viabilização dos recursos por parte dos governos, com o objetivo de corrigir os estragos causados pelas chuvas.

Segundo Helena Rosmaninho, da RS Assessoria, a maioria das demandas estava direcionada à reforma e reconstrução de pontes e estradas vicinais. Também estava entre as reivindicações, recapeamento asfáltico, habitação e recuperação de barragens.

DECRETO DE SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Na manhã desta quarta-feira, 12/02, o CIMAMS recebeu informações por parte do Governo do Estado, que em virtude das chuvas que atingiram os municípios, causando múltiplos desastres, inundações, movimentos de massas, enxurradas e alagamentos, o governador Romeu Zema decretou e publicou no Diário Oficial, a Situação de Emergência, em 220 municípios mineiros. Desse total, 26 são do Norte de Minas: Augusto de Lima, Bocaiúva, Bonito de Minas, Campo Azul, Engenheiro Navarro, Francisco Dumont, Gameleiras, Itacarambi, Jequitaí, Juvenília, Lagoa dos Patos, Lontra, Mirabela, Montalvânia, Nova Porteirinha, Pedras de Maria da Cruz, Pintópolis, Ponto Chique, Santa Fé de Minas, Santo Antônio do Retiro, São Francisco, São João da Lagoa, São João da Ponte, Ubaí, Urucuia, e Várzea da Palma.

Fonte:
Arthur Amorim Júnior

ASCOM/CIMAMS
Norte de Minas, quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Clique no link e confira o site:
https://www.cimams.mg.gov.br/noticias/cimams/cimams-contrata-empresa-para-dar-suporte-tecnico-aos-municipios-afetados-pelas-chuvas-na-elaboracao-de-projetos/

 

 

Prefeitura Municipal de Monte Azul / MG
Administração Aliança para o progresso.

ASCOM – Assessoria de Comunicação
Por Juliano F. Teles
Fotos Deivison F. de Paula
Vídeos Alex Souza
Áudio Rubens Martins

13 de Janeiro de 2022 – 11:48
@prefeiturademonteazul

Você também pode gostar

Deixe um comentário